Textos



A alegria é uma manifestação de euforia e comprazimento;
Deus exterioriza seu regozijo quando estamos alegres;
O contentamento é indispensável para o ser humano;
O deleitamento pode estar conectado ao aprazimento;
Pois trata-se de uma felicidade transitória e passageira.
Acredito que esta seja a única distinção entre as duas;
Entretanto, existe um encadeamento entre os dois afetos;
É como uma vinculação de interdependência substancial;
Posto isso, ninguém saboreia a felicidade antes.
A alacridade é a procedência da satisfação duradoura;
O compromisso de cada um é definir a própria finalidade;
A razão de estarmos no âmbito da materialidade humanitária;
Além disso, a gratulação é um complemento elementar;
Quando somos gratos com o universo, alimentamos o deleite;
Portanto, a minha pretensão é que alcancemos o júbilo;
Mesmo diante das impetuosidades da nossa caminhada.

Referências Imagem: Ludovica, A alegria de viver. Disponível em: https://ludovica.opopular.com.br/blogs/2.233743/mulheres-de-30-1.951399/a-alegria-de-viver-1.1046857, acesso em 04 de março de 2019 às 10h.
Lucas Nicácio Gomes
Enviado por Lucas Nicácio Gomes em 04/03/2019
Alterado em 04/03/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários