Textos



A presença do racismo no mundo é uma autenticidade axiomática;
Eu, como escritor, devo dizer que o obscurantismo tem sido colossal;
A insipiência humanitária tem impressionado a coletividade científica;
É o que a erudição democrática tem evangelizado desde o início;
Uma fraude recitada diversas vezes é convertida em fidedignidade;
O homem e sua infinita necessidade de proeminência e tirania.
Diante disso, a gênese desse movimento fundamentado é moderna;
O registro histórico mais meticuloso vem do Segundo Conflito;
O enfrentamento incluindo a participação de múltiplos estados;
Quando o soberano do século anterior exercia seu domínio.
Posto isto, a marginalização étnica inaugurou seu reinado atual;
A prática do apartamento baseada na concentração de melanina;
Como se a pigmentação dérmica fosse pertinente para tal categoria.
Por que o despotismo branco efetua esse sistema de opressão?
O DNA humano também apresenta muitas opções de tonalidade?
O sistema esquelético do europeu é descoincidente do africano?
A existência dessa mentalidade perversa deve ser digladiada;
A homogeneidade interior da biologia humanitária é a complacência;
A incongruência enredada na hostilidade étnica e racial é um recuo;
De que adiantou bilhões de anos de aperfeiçoamento universal?
Todos nós estamos harmonizados: é a unificação do homem.


Referências Imagem: Filosofia Calvinista, Sou um racista assumido. Disponível em: http://filosofiacalvinista.blogspot.com/2012/01/sou-um-racista-assumido.html, acesso em 03 de março de 2019;

Referências Texto: Toda Matéria, Racismo no Brasil. Disponível em: https://www.todamateria.com.br/racismo-no-brasil/, acesso em 03 de março de 2019.

 
Lucas Nicácio Gomes
Enviado por Lucas Nicácio Gomes em 03/03/2019
Alterado em 03/03/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários